Inicio

Chespirito

Elenco

Atores que já morreram

Dublagem

Séries

Chaves

Chapolim

Clube do Chaves

La Chilindrina

kiko

Chaves em desenho animado

Multimidia

Videos

Audio

Imagens

Variedades

Episódios perdidos

Boatos Famosos

Personagens Raros

Outros+

Contato

Não foi só Maria Antonieta que fez outro programa além de Chaves em sua carreira, Carlos Villagran após sair das séries de Chespirito em 1979 por motivo desconhecido (existe só boataria) foi trabalhar na Venezuela, onde fez vários programas solos.

Ao todo foram gravadas 5 séries: "Kiko Botones" (1985) , "El circo de monsieur Cachetón" , "El Niño de papel" (1981), "Federrico" (1982/83) e "¡Ah que Kiko!".

Um programa foi exibido no Brasil em 1991 na Rede Bandeirantes, incluindo 3 desses série: "Federrico", "Kiko Botones" e "Niño de papel", conhecidos no Brasil como "Kiko" , "Kiko Maleta" e "Kiko Menino do Jornal" respectivamente.

Ramon Valdez participou dos quadros "Federrico" e "¡Ah que Kiko!", ou seja, nos primeiros episódios de Kiko fora de Chaves e nos últimos, pouco antes de vir a falecer.

Acompanhe os quadros que passaram no Brasil:

Kiko ( Federrico ): Nesta série, o personagem Kiko morava em um apartamento e não mudava muito. Era praticamente o que era se visto no programa Chaves pórem mesmo assim com uns toques diferenciados. Villagran usava um terno branco de marinheiro, com os detalhes em vermelho. O azul elétrico havia ficado em Chaves e o seu chapéu agora era amarelo, a mãe dele era uma senhora baixinha e gorda e ele possuía um amigo dentuço, espécie Nhonho. Esta série teve 2 fases, uma chamada "Federrico" e outra mais tarde chamada de "Las nuevas aventuras de Federrico" com uma nova direção e já sem a participação de Ramón Valdez.


Kiko Maleta ( Kiko Botones ) : Kiko trabalhava em um hotel com roupa de funcionário hoteleiro. Chapéu típico de filmes e um uniforme verde musgo, ou seja, em nada lembrava a sua roupa de marinheiro. Ele tinha dois amigos, sendo que um deles era muito magro e alto, curiosidade ou não um era mais alto que o Professor Girafales. O outro era interpretado pelo mesmo ator que fazia o tal amigo dentuço citado acima. Essa série era muito cômica e as situações sempre aconteciam no hall do hotel e nos corredores.


Kiko Menino do Jornal ( El Niño de papel ) : Neste quadro o terno era azul, mas não elétrico, era azul claro. Kiko vivia um menino pobre, parecido com Chaves que entregava jornais para ajudar seu avó, que tinha sérios problemas. Neste quadro também curiosamente havia uma menina parecida com a Chiquinha, do qual Kiko sempre aprontava.

Os outros quadros não foram apresentados ao povo brasileiro, a dublagem era MAGA. Em "El circo de monsieur Cachetón” Kiko interpretava monsieur Cachetón, um dono de circo muito atrapalhado. E Em “Ah que Kiko”, o personagem era o mais próximo da vila, sua roupa era diferente pórem suas atitudes também, porém o cenário não parecia nem um pouco com uma vila, nesta fase participou Ramon Valdez, o Seu Madruga que saiu de Chaves por solidariedade a Villagran (e claro para faturar uma graninha).

Ramon Valdez interpretava um vendedor que cuidava de uma loja de artigos e produtos para o lar. Teria Carlos Villagran dado vida à popular “Venda da esquina?”, será que o Seu Madruga deu vida ao “Dono da venda”? Pois é, que diria que um dia o homem que tanto comprou fiado iria virar dono de uma loja...